domingo, 18 de julho de 2010

Lula promete ajudar cidades-sedes da Copa de 2014 com orçamento maior

DA REDAÇÃO - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai assinar nesta segunda-feira (19) uma medida provisória que inclui um pacote de benefícios para facilitar o financiamento das obras de infraestrutura para a Copa do Mundo de 2014.

A MP deverá mudar as regras de endividamento das 12 cidades-sedes e dos Estados em que ficam. A burocracia dos processos para a tomada de empréstimos também será reduzida. Os projetos da Copa terão linhas específicas de financiamento pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O Rio, uma das cidades-sede, será contemplado duas vezes porque é onde será realizada a Olimpíada de 2016.

De acordo com o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, a MP vai flexibilizar as regras para novos empréstimos, mas não contrariará a Lei de Responsabilidade Fiscal nem alterar os limites de endividamento dos Estados.

Uma resolução do Banco Central assinada em janeiro deste ano ampliou em R$ 8 bilhões a margem para a contratação de novas operações de crédito para Estados e municípios, tendo como objetivo os projetos de transportes para a Copa do Mundo de 2014.

Fonte: JB