segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Polícia Civil inicia greve por tempo indeterminado

Os policiais civis da Paraíba iniciaram a meia noite de ontem uma greve por tempo indeterminado. A categoria está insatisfeita com o projeto de lei enviado à Assembleia Legislativa que concede aumento aos policiais civis, militares e agentes penitenciários, de maneira semelhante à PEC 300 que tramita no Congresso Nacional.


A principal reclamação, segundo informou o presidente da Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba, Flávio Moreira, se refere à equiparação prometida pelo Governo do Estado entre os policiais civis da Paraíba e os de Sergipe.


Em carta enviada à imprensa, Flávio Moreira afirma: “A remuneração destinada aos policiais civis que representamos ficou mais de R$ 1.600,00 (mil e seiscentos reais) abaixo do que realmente ganha um policial civil de Sergipe, do mesmo cargo e em início de carreira. Na tabela do governo, ficaremos com R$ 3.343,00 em julho/2012. Um policial civil ganha hoje em Sergipe R$ 4.940,00”. A categoria promete permanecer de braços cruzados até que os valores sejam corrigidos.


Os três projetos de leis que foram entregues pelo Executivo estadual à Assembleia Legislativa, que estão sendo chamados de ‘´PEC 300 da Paraíba’, estão gerando muita polêmica por terem sido entregues pouco antes das eleições de segundo turno que serão realizada no próximo domingo, dia 31.

Veja como fica o funcionamento das delegacias durante a greve:

Segunda (25-10) – funcionam a 1ª DD e a 6ª DD
Terça (26-10) – 9ª DD e 5ª DD
Quarta (27-10) – 10ª DD e 7ª DD
Quinta (28-10) – 1ª DD e 6ª DD
Sexta (29-10) – 9ª DD e 5ª DD
Sábado (30-10) – 10ª DD e 7ª DD
Domingo (31-10) – 1ª DD e 6ª DD
Segunda (01-11) – 9ª DD e 5ª DD
Terça (02-11) – 10ª DD e 7ª DD

Fonte: Paraiba.com