sábado, 30 de outubro de 2010

Segurança monitorada em Maricá

Prevendo o crescimento demográfico por conta do Complexo Petroquímico de Itaboraí (Comperj), a prefeitura de Maricá assinou convênio com o governo federal, por meio do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), para a criação do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) e de um sistema de monitoramento por câmeras.
Estão sendo investidos R$ 830 mil na implantação do sistema, incluindo a construção da sede, de três andares, do GGIM e a instalação das primeiras 20 câmeras, em Inoã, São José de Imbassaí, Barra de Maricá, Cordeirinho e Ponta Negra.

Segundo o secretário de Assuntos Federativos, Fabiano Filho, os bairros da cidade foram criados isolados uns dos outros, e o sistema lagunar dificulta o deslocamento de um local para o outro, complicando ações de segurança:
— Não há ligação entre um bairro e outro. Para se deslocar, é necessário utilizar a rodovia. Por isso, as câmeras vão facilitar a interligação da cidade e a ação da polícia.

Fonte: O Globo