quarta-feira, 20 de abril de 2011

Salva vidas acusam comando dos bombeiros de perseguição

Depois da manifestação na orla de Copacabana, no último domingo, para reivindicar melhorias salariais ao governador Sérgio Cabral, muitos guarda vidas receberam um memorando que, segundo eles, foi enviado a pedido do Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militares do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ).

O documento pede que aqueles que tiverem participado da manifestação na orla se identifiquem assinando o documento. O mesmo seria enviado à cúpula da corporação.

O Jornal do Brasil foi procurado por um grupo de bombeiros lotado no 2º Grupamento Marítimo, na Barra da Tijuca (Zona Oeste do Rio), que acusa o alto comando dos Bombeiros de perseguição aos que se organizam para reclamar melhorias durante o governo de Sérgio Cabral.