sexta-feira, 16 de março de 2012

Governador que estimulou a aprovação da PEC-300 paga o pior salário de professor no Brasil

O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), que estimulou o movimento no Congresso pela aprovação da PEC-300 quando era ministro da Justiça, foi flagrado pela imprensa pagando o pior salário de professor no Brasil: R$ 791,00.
A PEC-300, de autoria do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), propõe um piso nacional salarial para policiais equivalente ao piso de Brasília: R$ 3.600,00.
O Ministério da Fazenda fez as contas e concluiu que ele representaria uma despesa extra para os governos estaduais no valor de R$ 46 bilhões/ano.